Bom Caminho - em busca das veredas antigas

Juliano Heyse - foto

Qualificações dos Presbíteros: Governa bem a própria casa

Juliano Heyse (editor)

e que governe bem a própria casa, criando os filhos sob disciplina, com todo o respeito 1 Tm 3:4

Introdução

Muitos acham que essa qualificação deveria vir junto com "criando os filhos sob disciplina, com todo o respeito". Resolvi tratar separadamente por dois motivos. Primeiro, esta referência a governar a própria casa só aparece aqui em Timóteo e não está presente em Tito. Em segundo lugar, como disse MacArthur o "governar" envolve "tudo que está ligado ao seu lar, não apenas sua esposa e filhos".

Grego

Em 1 Timóteo ιδιου οικου καλωζ προισταμενον - idiou oikou kalos proistamenon



Strongs - idios - que me pertence, próprio, peculiar a si mesmo; proistemi - estar sobre, superintender, presidir sobre, ser um protetor ou guardião, cuidar, dar atenção a; oikos - casa, família, lar

Rienecker e Rogers - idios - próprio; proistamenon - dominar, governar, administrar

Outras versões

Outras traduções do mesmo termo em português:

Almeida Revista e Atualizada (ARA)governe bem a própria casa
Nova Versão Internacional(NVI)deve governar bem sua própria família
Almeida Revista e Corrigida(ARC)governe bem a sua própria casa
Nova Tradução na Linguagem de Hoje(NTLH)Deve ser um bom chefe da sua própria família
Tradução Brasileira(TB)que saiba governar bem a sua casa

Comentários

Broadman – (-)

D. A. Carson Então, nos versículos quatro e cinco, lemos que o presbítero / pastor / bispo tem que ser alguém "que governe bem a própria casa." O versículo cinco nos chama a atenção para a parábola dos talentos conforme contada em Mateus 25:14-30 - se você não é capaz de fazer algo na arena menor, como pode esperar fazê-lo na arena maior? Esse princípio confere uma dignidade impressionante à família cristã. Nem todos os homens são elegíveis para serem presbíteros na igreja, mas a maioria é elegível para ser presbítero na sua casa. Dentro dessa esfera as responsabilidades deles são semelhantes. Eu gostaria de ver presbíteros na igreja conduzindo a adoração familiar, ensinando às crianças os caminhos de Deus, refletindo padrões de modelo e disciplina, já que é isso que demonstra a qualificação deles para papéis semelhantes na igreja. Falando espiritualmente, a pior família cristã é aquela com altas pretensões espirituais e baixa performance; e a melhor é aquela com baixas pretensões e alto desempenho.

Jamieson, Fausset e Brown filhos e servos, como contrastado com "a igreja"(casa) de Deus (1 Ti 3:5,15), a qual ele pode ser chamado a presidir.

João Calvino – Conseqüentemente é evidente, que Paulo não exige que um bispo seja alheio à vida humana, mas que ele seja um bom e louvável senhor de sua casa; porque, seja qual for a admiração comumente atribuída ao celibato e a uma vida filosófica completamente removido dos costumes comuns, ainda assim homens sábios e reflexivos estão convencidos por experiência que aqueles que não são ignorantes da vida comum, mas experientes nos deveres dos relacionamentos humanos, são melhor treinados e adaptados para governar a Igreja. E, portanto, nós deveríamos observar a razão que é acrescentada (1 Timóteo 3:5) que se ele que não sabe como reger a família dele, não estará qualificado para governar a Igreja. Ora, este é o caso com muitas pessoas, e realmente com quase todos que tem sido trazidos para fora de uma vida inativa e solitária, como para fora de grutas e cavernas; porque eles são um tipo de selvagens e destituídos de humanidade.

John Gill A família dele: esposa, filhos e servos; e não deve ser entendido como o corpo dele, como dizendo que deve mantê-lo sob controle, e preservá-lo puro e temperante, por causa do que é dito a seguir.

John MacArthur A vida no lar do presbítero, assim como a sua vida pessoal, deve ser exemplar. Ele precisa ser alguém que "governa" (preside, tem autoridade sobre) "sua própria casa" (tudo que está ligado ao seu lar, não apenas sua esposa e filhos) "bem" (intrinsicamente bem; com excelência). Questões ligadas a divórcio devem ser relacionadas com este assunto. Um homem divorciado não dá evidência de um lar bem administrado; pelo contrário, o divórcio demonstra fraqueza na sua liderança espiritual. Se houve um divórcio permitido biblicamente, deve ser tão distante no passado de forma que tenha sido superado por um longo padrão de sólida liderança familiar e a criação de filhos piedosos (v.4; Tt 1:6).

Matthew Henry que ele possa definir um bom exemplo para outros líderes de famílias fazerem assim também, e que ele possa dar uma prova da habilidade dele em cuidar da igreja de Deus. Pois, se um homem não sabe governar sua própria casa, como cuidará da igreja de Deus. Vejam, as famílias dos ministros deveriam ser exemplos de bondade para todas as outras famílias.

New American Commentary –O verbo para "administrar" carrega a idéia de governar, conduzir e dar direção à família. A mesma palavra grega aparece em 1 Ts 5:12 ("vos presidem no Senhor") e 1 Tim 5:17 ("presidem") e também no v. 5 ("governar"). O termo exige um exercício efetivo de autoridade sustentado por um caráter de integridade e compaixão sensível. Seu uso no v. 5 com o verbo "cuidar" define a qualidade da liderança como mais relacionada a demonstrar misericórdia do que oferecer ultimatos.

William MacDonald (-)

Conclusão

Fica claro que a condução da família é um teste em algo menor que confirma ou não a habilidade para assumir algo maior. A família do presbítero deve ser uma família exemplar, como nos lembra MacArthur. Calvino enfatiza o quanto é interessante que o homem seja casado e tenha filhos para criar para que possa aprender a lidar com seres humanos. Se ele o faz bem na família, tem grande chance de fazê-lo na igreja. Como disse D.A. Carson "Eu gostaria de ver presbíteros na igreja conduzindo a adoração familiar, ensinando às crianças os caminhos de Deus, refletindo padrões de modelo e disciplina, já que é isso que demonstra a qualificação deles para papéis semelhantes na igreja". Quantos estão vivendo isso realmente? Somente estes são aptos a serem presbíteros.

Como MacArthur frisou, homens divorciados ficam em uma situação difícil aqui. E os solteiros também, porque não tem como fazer esse teste. O homem casado que se desincumbe bem da função de líder da sua família é um bom candidato a ser um presbítero.

Próximo Artigo: Filhos sob Disciplina


Fontes

Comentário Bíblico Popular – Novo Testamento – William MacDonald – Ed. Mundo Cristão
The Broadman Bible Commentary – Broadman Press
The MacArthur Bible Commentary – Thomas Nelson Publishers
Bíblia OnLine 3.00 – SBB
Definindo o que são presbíteros – artigo de D.A.Carson - http://www.bomcaminho.com/dac001.htm
The New American Commentary – Broadman Press
Chave Linguística do Novo Testamento Grego – Ed. Vida Nova

Tradução (onde necessário): Juliano Heyse


Fale conosco: mail@bomcaminho.com.

2010 Bom Caminho